Marcela Lemos: o vestir revelando sua essência

por Giovanna Benichel

Marcela Lemos, da Vestillo

A Vesttilo é uma empresa de consultoria feita para a mulher que está em processo de transformação pessoal e que queira conectar com sua essência, expressar uma imagem sustentável para conquistar o que deseja. Mas toda essa transformação, como qualquer outra, passou por um processo longo e cheio de desafios, vamos acompanhar?

Marcela Lemos Teixeira de  41 anos, Paulista, desde infância queria ser professora, trabalhar em banco como a sua mãe e ter o seu próprio escritório. Hoje, trabalha como Consultora e Terapeuta de Imagem e Estilo e se vê como uma professora que orienta o seus alunos e tendo seu próprio negócio.

Antes mesmo de ser conhecida como Vesttilo, a empresa foi VesttiloNegro. Em certo momento da vida, Marcela teve que largar tudo para cuidar de sua avó, mas isso foi o engate para tudo acontecer. Formada em Personal styling, deu o seu primeiro passo.

“Eu como mulher negra, na época, tinha medo de me abrir para esse campo, tinha medo, pois só via mulheres brancas, mulheres de luxo, e eu não sabia como entrar nesse cenário do empreendedorismo. 

Foi então que um ex-chefe me perguntou: Marcela, por que você não abre para o mercado de pessoas negras? Em 2012, iniciei o meu blogue chamado, na época, “Vestir com o Estilo Negro”, já que no mercado isso ainda não estava em alta, então fui a primeira responsável por trazer para as mulheres, até que comecei a notar interesse entre as elas. Foi então que surgiu a VesttiloNegro”.

“Quando a gente é trabalhado, acaba trabalhando outras pessoas também. E então, nesses processos de atendimento com essas pessoas, comecei a familiarizar as dores que elas passavam, pois eram semelhantes aos que eu vivia em minha casa. Acredito que exista vários fatores para construir uma boa imagem. E para isso, precisamos integrar as partes que foram fragmentadas dessas mulheres e criar uma nova versão para expressar sua real intenção em diferentes ocasiões como: transformar as emoções, fortalecer o espírito com a força interior e expressar no físico o valor da própria imagem”.

“Então eu percebi que falar com essas mulheres não era apenas falar sobre roupas, não era só falar de maquiagem, era muito mais. Algo muito maior e profundo. Foi aí que entendi que aquele VesttiloNegro seria mais que olhar apenas para “o mundo negro” e que isso deveria ser expandido para todas as mulheres”.

“Em 2015, fui fazer o trabalho de mudança de nome, mudança de objetivo. Até que consegui converter para Vesttilo Consultoria de Imagem Pessoal. E aí sim, consegui construir um olhar profundo e holístico do estilo pessoal. Tudo mais profundo que foi naturalmente sentido pelo público e se tornando o que é hoje”.

 “O significado do nome é “um olhar mais profundo e integral do ser”. Olismo fala de um todo, um ser integral. Então quando falamos de estilo, falamos muito mais do que está por trás dos sentimentos, comportamentos, local de trabalho e ambiente em que convivemos”.

 “A pergunta sempre é: quem é o “eu” interior que me faz, no dia-a-dia, escolher uma determinada peça? É uma investigação profunda que fazemos para descobrir o “eu” mais profundo de nossas vidas. Sem imposições como os padrões nos dizem para ser, mas sim, respeitando o ambiente pessoal. É muito grande a questão da conscientização”.

“A minha maior inspiração é a minha mãe e a minha avó. Foi através a elas que eu comecei a ter a vontade de criar a minha empresa. A minha avó como uma mulher matriarca e a minha mãe como uma mulher submissa. Foi nelas que vi a pressão que uma mulher sofre e, eu não queria isso para a minha vida”.

Marcela, determinada, deixa um recado para todas as mulheres: “Nós merecemos os melhores lugares, mas também precisamos trabalhar a melhor fala e o melhor comportamento para alcançar esses lugares”.

Marcela já participou de palestras para Redes de Empreendedores Negros, no centro de São Paulo (SP), falando sobre a vestimenta negra. Teve participação na Globo em 2017 no programa É de Casa e também participou de um projeto na Google sobre “Como vender o seu negócio através da vestimenta”.

 Atualmente a Vesttilo foca no olhar de mulheres que estão em transformação pessoal. Na entrevista, ela finaliza: “agora, independente de etnia, a Vesttilo está sempre em busca de levar conhecimento e estimular a criatividade de cada mulher que conecta-se com o propósito da marca e quer revelar o melhor da sua essência.