Alexandra Grassini: se conhecendo e apoiando as pessoas em suas jornadas

Alexandra Grassini nasceu em São Paulo. A primeira filha de Dorival e Conceição passou por muitas mudanças, aprendizados e desafios até agora, e hoje atua como coach. “Me encantei com a possibilidade de trabalhar apoiando as pessoas em suas jornadas, ajudando-as a entenderem seus papéis e sua história de vida!”, conta ela. E a própria Alexandra, é claro, tem muito a contar para apoiar a quem atende, pois já passou por histórias marcantes, como um câncer de colo de útero, a morte precoce do pai, e a mudança de carreira e aprendizados na maturidade.  Além disso, ela está em um relacionamento de mais de 27 anos com o Emerson, já foi professora e já começou a realizar o sonho de aprender a dançar. “Acredito que na vida tudo é possível. Quando coloco um objetivo, sigo em frente e tenho a crença de que vou encontrar pessoas boas no meu caminho, que compartilham as mesmas ideias e me ajudam a seguir adiante.”. Conheça sua história!

Alexandra Grassini

“Nasci em São Paulo e, nessa época, meus pais moravam no bairro da Bela Vista. Sou a primeira filha de Dorival e Conceição, meu pai era filho de portugueses e italianos, e minha mãe nasceu em Atibaia, cidade do interior de São Paulo.

Cresci no Ipiranga até os sete anos, quando me mudei para São Bernardo do Campo, na qual meu pai trabalhava. O apelido dele era Theo, e a minha mãe, sempre otimista, se dedicava a cuidar dos filhos e da casa. Tenho dois irmãos desse casamento e uma irmã do primeiro casamento da minha mãe. Para os meus pais, sempre foi importante o estudo, e mesmo vivendo em condições simples, iniciei os meus num ótimo colégio particular no Ipiranga.

Passei minha adolescência em São Bernardo e sempre fui apaixonada por música e dança. Ao sair do Ensino Médio, cursei Comércio Exterior na Metodista, mas logo no primeiro ano senti que não era a profissão que tocava meu coração…ficava paquerando o prédio de Psicologia da Universidade, porém resolvi ir até o fim do curso. Trabalhei em vários lugares até chegar a uma multinacional, a Nestlé, e ali achei que seria muito feliz. No primeiro ano realmente já fui, pois conheci pessoas incríveis! Logo descobri que adorava estar com as pessoas, e o vazio voltou, pois não conseguia me encontrar naquele espaço.

Então me casei com o Emerson, com quem estou até hoje. São vinte e dois anos de casamento e mais cinco anos e meio de namoro. Após dois anos, tive meu primeiro filho, o Mateus, e em meio aos estudos de inglês, da espiritualidade e do trabalho voluntário, tomei a decisão de acompanhar todo o desenvolvimento dele.

Viver a experiência de mãe me fez amadurecer e querer progredir. Em 2001, tive um câncer de colo do útero e isso me deixou muito assustada e com medo. Após uma cirurgia bem-sucedida, resolvi buscar apoio psicológico, que sempre achei importante. Em 2002, conheci o Instituto Evoluir e a Del Mar. Nessa época eu resolvi fazer artesanato para vender e fazia de madrugada, quando ouvia a Rádio Boa Nova. Agendei a minha primeira sessão de terapia com a Del Mar e, quando entrei no Instituto, lembro de ter pensado: “Um dia quero trabalhar aqui! Que energia boa!”. E assim uma jornada incrível de autoconhecimento se iniciou. Fiz terapia e vários cursos sobre a Teoria Integral. Engravidei do meu segundo filho, o Thiago.

Mateus e Thiago são seres humanos incríveis: sensíveis, inteligentes e estudiosos! Os melhores presentes que a vida pôde proporcionar. O Mateus está com vinte anos, é apaixonado por esportes, lutou karatê e jogou futebol, estuda Rádio e TV, é Team Lider da Aiesec e participa do Programa Jovens Integrais e trabalha em uma empresa de dublagem. O Thiago tem 15 anos, está no Ensino Médio, é um excelente estudante, participa de trabalho voluntário, e já sonha com a carreira de Comércio Exterior ou Relações Internacionais.

Reviravoltas da vida

Em 2006, recebi a notícia mais difícil de toda minha vida: meu pai, aos 66 anos, morreu de infarto fulminante. Em meio a tanta dor e precisando apoiar minha mãe, resolvi voltar a trabalhar, mas não queria voltar ao mundo corporativo. Comecei a dar aulas particulares, e meu primeiro aluno foi o Alfredo, um menino lindo que me recebeu curioso e assustado no primeiro dia.

Coloquei como objetivo que trabalharia na escola onde meus filhos estudavam, então fui cursar Pedagogia, e acabei fazendo pós em Gestão Escolar e Psicopedagogia. Como coloquei no meu objetivo, comecei a estudar na escola dos meus filhos! Comecei a desenvolver projetos de educação e a fazer parcerias com órgãos públicos e escritores. Com muito estudo, trabalho e dedicação, logo meus trabalhos começaram a repercutir na mídia, e ver meu nome impresso no Estado de São Paulo pela primeira vez foi emocionante!

Otimismo sempre

Sou muito otimista e acredito que o estudo e autoconhecimento devem ser constantes na vida de uma pessoa. Continuei estudando e vendo meus trabalhos na área da educação repercutirem na mídia. E logo realizei mais um sonho! Um dia entrei em contato com um querido amigo do Instituto Evoluir, o Carlos, e ele me convidou para trabalhar lá. Nem acreditei! Agora fazia parte da equipe daquele lugar onde tanto sonhei em trabalhar!

Outra possibilidade veio em seguida: o contato com o trabalho de coach. Me encantei com a possibilidade de trabalhar apoiando as pessoas em suas jornadas de vida, a entenderem seus papéis e sua história, com uma metodologia trazida pelo Marcelo Cardoso ao Instituto.  E lá fui eu a mais um curso!

Certificação Metaintegral

Em agosto de 2018, já em tempo integral no Instituto, iniciei a Certificação Metaintegral, que foi outro divisor de águas na minha vida. Já vinha paquerando o curso há dois anos, e quando menos imaginei, fui tomar um café com o meu amigo Carlos, sim, o mesmo que me contratou no Instituto…e iniciei uma jornada incrível!

Nessa formação, conheci a Luciana Sato, e logo me encantei com a sua história e a Rede Héstia. Então, no início de 2019, comecei a apoiar o desenvolvimento da Rede junto com um grupo. Sinto que a Rede é um espaço incrível para as mulheres serem quem são em sua essência, sem julgamentos, integrando todos os seus papéis.

Também iniciei caminhadas diárias com a minha amiga Kátia, que tem um papel muito importante nessa nova fase de amizade, cumplicidade e troca de muitas ideias!   

A Rede Héstia vem realizando um trabalho incrível de fortalecer a relação entre as mulheres e mostrar que elas podem estar onde quiserem, por meio de artigos, reuniões e eventos. A Luciana é uma mulher incrível e está sempre conectada a tudo que acontece no mundo, mantendo a chama da Rede acesa e as mulheres conectadas.

Hoje, por meio da minha história de vida, procuro encorajar as mulheres ao meu redor a estudarem, realizarem seus sonhos e a serem felizes como são, sem culpas ou julgamentos. No meu trabalho facilito a transição de carreira de vida de mulheres e homens, que buscam um sentido maior, um propósito, e isso aquece minha alma!

Também tenho trabalhado com outras organizações na Chie Integrates, que se   se propõe a influenciar um ecossistema de parceiros em diversos papéis que compartilham o propósito de contribuir para a transformação da sociedade por meio das organizações que evoluem pela transformação das pessoas e suas relações no contexto do trabalho.

No futuro, quero continuar estudando e trabalhando com o desenvolvimento de pessoas e organizações. Quero viajar muito e aproveitar tudo de melhor que a vida possa proporcionar!

Propósito

Meu propósito é apoiar os indivíduos em suas jornadas de desenvolvimento, autoconhecimento e evolução. Contribuir para a construção de relações saudáveis na vida pessoal e profissional por meio de teorias e práticas integrativas e sistêmicas que inspirem as pessoas a vivências de transformação. Atuar em projetos sociais, contribuir e apoiar os que não têm acesso a oportunidades de educação, saúde e trabalho. Conectar pessoas que têm diferentes perspectivas e estudam diferentes teorias, e promover uma jornada de diálogo, integração, cocriação e manifestação da inteligência coletiva. Tudo com otimismo, alegria, beleza, bondade, sensibilidade, amorosidade, fé e conexão com o sutil e a espiritualidade, que sustentam o futuro emergente no presente momento.

Acredito que na vida tudo é possível e, quando coloco um objetivo, sigo em frente e tenho a crença de que vou encontrar pessoas boas no meu caminho e sempre encontro. Encontro pessoas incríveis, que compartilham as mesmas ideias e me ajudam a seguir adiante.

Na certificação, venho trabalhando a sustentação das energias feminina e masculina, e tenho cada vez mais descoberto que posso trabalhar muito e ser feminina. Não preciso ser uma ou outra.

Estou numa fase de muito trabalho e estudo, e me sinto muito feliz com tudo que tenho realizado. Ouço muito das pessoas que estou diferente, me sinto diferente e ainda quero realizar muito, me interessado por vários temas e ciente de que tenho muito a aprender!

Siga a Rede Hestia:
error